Que Horas São?

Existe um ditado que diz o seguinte:

“Até um relógio parado está certo duas vezes ao dia.”

Talvez um relógio parado fosse melhor presidente que o ignóbil Jair Bolsonaro.

Uma coisa curiosa aconteceu comigo nesses tempos de isolamento  – ou distanciamento – social, a bateria do meu carro descarregou e o relógio digital do console ficou cerca de seis horas atrasado. Como precisei sair de casa poucas vezes nessa rotina de home office, nunca lembrei de acertar a hora. Porém, muitas foram as vezes que fiquei confuso ao olhar para ele. Acho que é um pouco assim que se sente um apoiador do Presidente.

Para todo mundo lá fora, são exatamente 3:35h da tarde, ou 15:35h. Porém, nesse relógio errado, são pouco mais de 9h da manhã. Você pode negá-lo e assumir que ele não mostra a verdade, ou pode acreditar que cada pessoa fora do carro, nas ruas, nos outros carros ou no rádio estão erradas. Se você acreditar nisso, vai tomar seu café da manhã enquanto todos já almoçaram, vai trabalhar enquanto todos dormem e dormir enquanto todos trabalham. Sua vida perderá a sincronia, perderá a realidade. Você perderá a capacidade de se comunicar até mesmo para coisas simples, como marcar uma consulta no médico, pois nenhum horário vai bater. São apenas horas em um relógio, mas ainda assim, essa mentira te separa do mundo ao seu redor.

E não adianta tentar fazer com que todos acreditem em seu relógio errado. O dia será sempre dia, a noite será sempre noite e nossa noção de tempo é baseada em ciclos do nosso planeta. Mesmo que muitos sigam uma mentira, ela será apenas uma grande mentira.

Homerodetalhe é:

Jair Bolsonaro é esse relógio. Atrasado, errado, inútil. Capaz de dividir e atrapalhar. Ele nunca estará certo, é pior que um relógio quebrado.

Que horas são? Hora de acabar com isso.

Leave a comment